LEM News - Notícias que realmente interessam!
(77) 9.9906-1346
 PUBLICIDADE
Galeria de fotos
ver todas
DESTAQUES DO LEM NEWS

Empresário José Deusmar, um homem que conseguiu transformar o seu sonho em realidade,  e com muitos anos de trabalho árduo em um dos negócios mais admirados e com maior clientela do setor em todo o Oeste Baiano.

 

Há 19 anos, um homem bom de coração e alma, honesto, determinado e extremamente trabalhador, que acreditava e acredita sempre no seu potencial e de sua família, tirava do papel o seu sonho tão planejado durante muitos anos e o colocava em ação: nascia a empresa Tela Mar, indústria de telas e alambrados!

 

Cleiton e Cleuber (foto abaixo) filhos  do Sr. Deusmar e D. Neide, a genialidade, o profissionalismo e determinação herdadas e também adquiridas com seu grande mestre, seu pai.

 

O início não foi nada fácil, a falta de incentivos do governo e financiamentos para quem iniciava um negócio, fez com que o fundador da empresa, ao invés de comprar então os modernos e necessários equipamentos para a fabricação das telas e alambrados, caros e de difícil aquisição, conseguisse esses equipamentos construídos por suas próprias mãos, nos fundos de sua residência, haja vistas que o fundador da empresa, já naquela época acumulava mais de 2 décadas de trabalhos como um distinto soldador e caldeireiro industrial e conseguia confeccionar complexos equipamentos industriais com uma impressionante facilidade.

 

A Tela Mar, empresa pioneira em Luís Eduardo Magalhães, que ajudou imensamente no desenvolvimento de nossa cidade, é digna de inúmeros elogios por sua grande história de sucesso, desde de sua origem e durante todos esses anos, vem realizando um maravilhoso serviço a nossa sociedade.

 

Tela Mar hoje é um empreendimento sólido no nosso comércio, todo o Oeste Baiano, e várias outras cidade de outros estados. É uma empresa que pratica e privilegia o trabalho honesto, confeccionando produtos de grande qualidade, com profissionais especializados, atendimento amigo e uma maneira única de atendimento a cada cliente, seguindo uma norma de confecção dos produtos mais adequados para cada cliente.

 


Tela Alambrado - Produzidas em arame galvanizado, podendo ou não ser revestida com PVC as telas em alambrados são ótimas para fechamento de grandes áreas. Uma forma segura e barata de proteger sua propriedade seja ela, chácaras, casa de campo, cercamentos comerciais e industriais, quadras poliesportivas, condomínios, parques, escolas entre outras infinidades de aplicações.

 


Tela Mar, uma empresa familiar composta pelo patriarca da família Sr. José Deusmar, sua esposa Neide, juntamente com seus dois filhos Cleiton e Cleuber, viram a união de seus esforços transformarem a empresa pequenina de outrora e uma das maiores e mais tradicionais indústrias do setor em todo o Oeste Baiano, muito requisitada e a grande vencedora em vendas e em todas as pesquisas de opinião pública da cidade.

 

Tela Mar é a empresa do seguimento de Tela e Alambrados vencedora de todas as pesquisas do Best Of Mind, o maior evento de reconhecimento empresarial de nossa cidade.

 

Faça uma visita e conheça os seus produtos. A TELA MAR ALAMBRADOS está localizada na Rua Luiz Claudio Nunes Rocha n°123 Jardim Imperial próximo à Galvani e Casa Do Marceneiro. 

 


Para maiores informações:
Ligue: (77) 3628 -5544 
Whatsapp (77) 99996-0833/99825-0919
www.telamaralambrados.com.

Fonte: Lem News

ACADEMIA DOMÍNIO, É PATROCINADORA E PREPARADORA  OFICIAL DO MISS LEM 2017!
Visite ou ligue: 773628-3101.
Conheça algumas das  aulas:
Muay Thai, musculação e Jiu Jitso, são apenas alguns dos serviços que a Domínio oferece a você!

Não perca tempo, agende um horário!

Fonte: Lem News

Fonte: LEM NEWS

Um café da manhã realizado hoje (20), na Associação dos Catadores de Materiais Recicláveis de Luís Eduardo Magalhães, renovou o convênio entre a prefeitura e a categoria. O repasse mensal que era de R$ 25 mil passou para R$ 30 mil, e os recursos serão utilizados para a coleta, transporte e transformação dos itens recolhidos. Segundo a presidente da Associação, Danúbia Pereira, a verba é fundamental para a continuidade do trabalho realizado por 19 catadores cadastrados, que todos os meses, retiram das ruas, empresas e residências do município, cerca de 40 toneladas de papelão, embalagens plásticas, garrafas de vidro e alumínio.

“Se não existisse essa parceria com a prefeitura, a Associação não estaria funcionando. Esse momento é muito importante para todos nós que dependemos desse tipo de coleta para sustentar nossas famílias”, exclamou Danúbia Pereira.

Na ocasião, o prefeito Oziel Oliveira destacou a importância e elogiou o trabalho da Associação, garantindo todo o suporte para a manutenção das atividades e melhorias no galpão de armazenagem. “Nós estamos aqui para atender a todas as classes da nossa cidade e com os catadores não será diferente. Estaremos sempre atentos em busca de novos benefícios para esses trabalhadores”, disse o chefe do executivo.

A Associação dos Catadores de Materiais Recicláveis funciona na Rua Jequié, nº 127, Santa Cruz. Os interessados em solicitar o recolhimento de materiais recicláveis podem se dirigir ao local ou ligar para o número (77) 99987-1293 e agendar o atendimento.

Fonte: ASCOM

Jother Arcanjo. Foto: Douglas Batista

A Associação Comercial e Empresarial de Luís Eduardo Magalhães, ACELEM, prepara um calendário que vai beneficiar alunos das escolas públicas do Município.

A ideia é capacitar os estudantes na elaboração de currículos, fundamental para uma primeira boa impressão no mercado de trabalho. Segundo o presidente da Associação, Jother Arcanjo, a iniciativa faz parte das ações sociais da ACELEM.

“A psicóloga Naiara e uma parceira dela além dessa capacitação referente aos currículos, também vão levar orientações psicológicas e pedagógicas a nossos jovens”, disse.

Fonte: Blog Douglas Batista

Fonte: ASCOM PREFEITURA MUNICIPAL
21
Set/17

POSTO FRMULA 1

Fonte: Lem News

Fonte: Lem News

 

 

BREVE MAIS CANDIDATAS VESTINDO BELL MODAS!

Fonte: Lem News

 

 

Para Guinho, para toda a Câmara Municipal, para o Prefeito  Oziel Oliveira e principalmente nossa sociedade, o Estatuto da Guarda Municipal Armada, traz mais tranquilidade e segurança para todos, haja vistas o aumento do contigente de homens de nossa segurança pública andando armados.

"Agora o cidadão de bem pode trabalhar com mais tranquilidade: É Segurança para o comércio e segurança para o cidadão de bem ! Um bom trabalho Guarda Municipal e boa sorte nessa nova fase de segurança do município!"Vereador Guinho

Fonte: Lem News

Sucesso em Goiânia, Barbearia Coronel Moustache chega a LEM

Cabelo e barba com muito estilo e serviços exclusivos para os cuidados com a beleza masculina. Espaço conta com mesa de sinuca e TV com canais de esportes e muito mais.

A maior Barber Shop de Goiás abre as portas na cidade de Luís Eduardo Magalhães (BA) neste sábado (23 de setembro), com um ambiente totalmente voltado para homens que gostam de se cuidar ou para aqueles que precisam, de vez em quando, dar um “tapa” no visual.

Segundo Elias Júnior, sócio proprietário da empresa, a Coronel Moustache foi criada para praticar um novo conceito desse tipo de serviço, unindo os cuidados com o cabelo e a barba com muita diversão. “É uma barbearia 100% masculina, desde os serviços até o planejamento do ambiente. A Coronel Moustache foi pensada como uma solução para os caras que querem um serviço de qualidade, cuidar da barba e do cabelo, ter um corte moderno e ainda se divertir enquanto espera”, explicou.

Com ambiente climatizado, a barbearia é um verdadeiro playground, pois oferece um espaço de entretenimento com cervejas, sinuca, poker e games, TV com canais de esporte, notícias, revistas masculinas, jornais diversos, dentre outros diferenciais.

A decoração também foi pensada para compor o ambiente aconchegante. Desde o avental que os barbeiros utilizam até os quadros na parede, tudo remete ao estilo do homem moderno. O time de barbeiros é de primeira qualidade e conta com os melhores profissionais de Goiânia. “Aqui o ‘recruta’, como carinhosamente é chamado o cliente da Coronel Moustache, tem o tratamento que merece”, afirma Sérgio Oliveira, também sócio proprietário da barbearia.

Entre os serviços oferecidos estão cuidados com a barba, corte de cabelo, tintura para cabelo e barba, selagem, sobrancelha e pacotes para o Dia do Noivo e Despedidas de Solteiro. Na Coronel tem, ainda, uma linha de produtos exclusivos para cuidados com a barba e cabelo.

Que as barbas estão na moda, já é notícia velha. Mas para manter sua beleza, é preciso alguns cuidados: o corte certo e os produtos que ajudam a tratar dos fios. Todo esse cuidado você encontra na Coronel Moustache.Com tanta coisa boa num só lugar, a nossa dica é: vá conhecer o Quartel General da Coronel Moustache! Fica na Rua Piauí, 591, Sala03, no Centro de LEM. O horário de funcionamento é das 9h às 21h, de segunda a sábado.

Lembrando que a inauguração acontece sábado, das 09h às 21h! Aproveite o ‘sabadão’ pra tomar uma cervejinha e conhecer a galera.

 

Informações: (77) 98123-3426

 

Siga a Coronel no Instagram @coronelmoustache_lem

Fonte: IMMAGINE

Fonte: LEM NEWS

Engenheiros biomédicos estão conectando um cérebro humano à internet. O projeto 'Brainternet' tem como objetivo permitir a transmissão de ondas cerebrais para a rede, transformando assim o órgão em uma espécie de dispositivo IoT (Internet das Coisas).

Essa é a primeira vez que na história da ciência que a façanha é realizada. Mas se você está esperando que possamos navegar pela internet e interagir com interfaces gráficas usando apenas o pensamento, terá que ser mais paciente. O objetivo do Brainternet, criado por Adam Pantanowitz, professor da Wits School of Electrical and Information Engineering, é facilitar a compreensão do cérebro humano.

 

Há falta de dados que sejam compreensíveis sobre como um cérebro humano funciona e processa informações. O Brainternet procura simplificar a compreensão de seu próprio cérebro e dos cérebros de outros. isso será através do monitoramento contínuo da atividade cerebral, além de possibilitar alguma interatividade.

Para conectar o cérebro à internet, os pesquisadores colocaram na cabeça de uma pessoa um dispositivo Emotiv capaz de coletar sinais de eletroencefalograma (EEG).

Esse dispositivo móvel é acessível pela internet, e após ser usado por um período prolongado, o sistema do Brainternet trabalha convertendo esses sinais.

Então, o Emotiv envia os sinais EEG para um Raspberry Pi e os transmite em tempo real para uma interface de programação, que permite exibir os dados em um site acessível na web. Atualmente, o site do experimento é aberto e qualquer pessoa no mundo pode acessar para observar a atividade cerebral do indivíduo.

Parece simples, mas este é apenas o primeiro passo. Pantanowitz acredita que no futuro será possível a interatividade entre o indivíduo e a máquina para que o usuário possa fornecer um estímulo e ver a resposta.

Algumas funcionalidades de interação homem-máquina já foram incorporadas no site, mas as opções são limitadas ao estímulo, como o movimento do braço. “No futuro, poderá haver informação transferida em ambas as direções — entradas e saídas do cérebro”, disse Pantanowitz.

Fonte: TEC MUNDO

Fonte: Lem News

Fonte: LEM NEWS

O Mato Grosso do Sul inaugura nesta quinta-feira (21) o primeiro frigorífico para abate de jacarés do Estado. Localizado na área do Pantanal, em uma fazenda de 154 hectares às margens da BR-262, a 30 km de Corumbá (MS), o abatedouro tem autorização governamental do Ibama (Instituto Brasileiro de Meio Ambiente e Recursos Naturais Renováveis) para funcionar e faz parte do projeto Caimasul, um complexo industrial que engloba criação, engorda e abate desses animais.

Além da carne de pouca gordura, tudo se aproveita do jacaré. As partes não comestíveis, cabeças e patas, são empalhadas e vendidas como artesanato. Já a pele serve até como chaveiro.

Construído apenas com recursos privados, foram investidos R$ 30 milhões no complexo. Já no primeiro mês, a produção deve chegar a sete toneladas de carne e 2.300 peles. Na fazenda, estão confinados 79 mil animais, sendo que 30 mil deles já estão prontos para o abate. 

De olho no nicho de carnes exóticas aqui no Brasil e no mercado internacional de peles de jacaré, os empresários esperam recuperar o investimento em no máximo dez anos. Inicialmente, as exportações de pele serão feitas para os Estados Unidos.

Em 2019, o projeto terá 250 mil jacarés em cativeiro. Deverá abater 100 mil animais por ano, produzindo 350 toneladas de carne e 100 mil peles. Segundo a empresa, o faturamento anual será então de R$ 50 milhões, com a oferta de 300 postos de trabalho, entre diretos e indiretos.

Baias de cria e engorda, no Pantanal; meta é abater 100 mil animais por ano em 2019
Os jacarés são confinados em baias de 52 m² cada uma. Hoje são 120 viveiros. Cada unidade recebe 1.800 animais recém-nascidos, que são separados por mês de acordo com o tamanho. 

Após 18 meses, cada baia comporta, em média, 350 animais. É neste ponto que tem início o abate, feito com uma pistola de ar comprimido desenvolvida especialmente para o jacaré. O sistema é semelhante ao que os frigoríficos usam para abater bovinos. 

Nada se perde
Assim como o boi, 100% do jacaré é aproveitado comercialmente. Até mesmo os retalhos do couro são aproveitados para confecção de chaveiros. Da pele podem ser feitos ainda artigos pequenos como carteiras, capas de celulares, pulseiras de relógio e porta-batom.

O couro de jacaré é altamente cobiçado pelas indústrias de calçados e acessórios. Tratado e de primeira qualidade, pode atingir até US$ 200 a unidade no mercado externo, pouco mais de R$ 600

Fonte: Lem News

O governo estuda acabar com o horário de verão. O assunto está em avaliação na Casa Civil e caberá ao presidente Michel Temer bater o martelo. A intenção da equipe envolvida nas discussões é decidir sobre o tema nas próximas semanas, já que o próximo período de vigência do horário diferenciado está previsto para começar em outubro até fevereiro.

O horário de verão foi criado com o objetivo de economizar energia elétrica durante o período em que está em vigor. Um estudo do Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS) e do Ministério de Minas e Energia concluiu, no entanto, que essa política pública traz efeitos “ próximos à neutralidade” com relação à economia de energia elétrica. Ou seja, o principal objetivo da medida, economizar eletricidade, não é mais atingido. Foi a partir daí que o assunto passou a ser analisado por outros entes do governo.

 

A avaliação é de que o período em que a maior parte do país adianta o relógio em uma hora já faz parte dos costumes e da cultura do brasileiro. Por isso, a decisão que vier a ser tomada levará em conta também esses aspectos, além da capacidade de economizar energia.

Entre os técnicos que defendem a medida dentro do governo, o argumento é de que o horário pode ser positivo para setores como comércio e turismo, apesar do pouco impacto na economia de energia. Isso porque as pessoas têm mais uma hora para consumir, o que seria benéfico para empresas desses setores econômicos.

A Casa Civil informou que foi criado um grupo de trabalho especialmente dedicado a analisar a eficácia do horário de verão, após a conclusão dos estudos técnicos. Disse ainda que uma decisão deve sair “em breve”, mas não deu prazo. A decisão cabe apenas ao Poder Executivo, ou seja, não precisa passar pelo Congresso Nacional.

As discussões sobre o horário de verão ganharam força no governo após um estudo do ONS e do ministério constatar que a “adoção desta política pública atualmente traz resultados próximos à neutralidade para o consumidor brasileiro de energia elétrica, tanto em relação à economia de energia, quanto para a redução da demanda máxima do sistema”. O estudo atribui esse resultado à “mudanças no perfil” da sociedade e na “composição da carga”, que vem sendo observado nos últimos anos.

No passado, quando o horário era mais eficiente, as pessoas e empresas eram estimuladas a encerrarem suas atividades do dia com a luz do sol ainda presente, evitando que muitos equipamentos estivessem ainda ligados quando acionada a iluminação noturna.

A mudança do perfil do brasileiro, no entanto, mudou as características do consumo. Muita gente deixou de ter um horário tradicional de trabalho, chegando em casa já à noite. Além disso, principalmente durante as tardes de verão, o uso de equipamentos, como o ar condicionado, foi intensificado.

 

 

 

 

 

Fonte: POCA NEGCIOS

Fonte: Lem News

É comum o temor de que a criação de uma inteligência artificial superdesenvolvida possa resultar na destruição da humanidade, algo bastante alardeado em histórias de ficção científica na literatura e no cinema. Entretanto, para o presidente da divisão de inteligência artificial da Google John Giannandrea, esse medo não faz sentido.

“Há uma grande quantidade de alardes injustificados sobre a IA neste momento”, afirmou Giannandrea durante a conferência TechCrunch Disrupt nesta terça-feira (19). “E a coisa chegar em ‘alguém vai produzir uma inteligência sobre-humana e então teremos todas essas questões éticas’ é injustificado e beira o irresponsável”, continuou o executivo.

 

A mensagem pode ser vista como uma resposta direta às preocupações levantadas por outro grande nome da tecnologia na atualidade, o empresário multibilionário Elon Musk. Ele já deixou bem claro o seu temor em relação às máquinas inteligentes, afirmando que elas podem ser as responsáveis pela Terceira Guerra Mundial e também pelo fim da raça humana.

Na mesma conferência, o responsável pela divisão de inteligência artificial da Google garantiu que a sua empresa realiza investimentos em segurança e ética quando o assunto é esse tipo de tecnologia. Além disso, ele se mostrou totalmente despreocupado com um possível “fim do mundo” causado pelas máquinas, como visto em filmes como O Exterminador do Futuro e Matrix.

“Definitivamente, eu não estou preocupado com o apocalipse da IA”, afirmou. “Eu apenas me incomodo com o hype e com o barulho que algumas pessoas têm feito”, finalizou o executivo não sem antes cutucar mais uma vez as preocupações demonstradas por Musk.

Fonte: TECMUNDO

O Brasil aderiu nesta quarta-feira (20) o Tratado para a Proibição de Amas Nucleares proposto pela Organização das Nações Unidas (ONU). Segundo informações da Agência Brasil, o primeiro a assinar o documento foi o presidente Michel Temer, seguido por líderes de outros 42 países. O acordo prevê que os Estados membros não desenvolvam, testem, produzam, adquiram e tenham ou estoquem armas nucleares ou qualquer outro artefato nuclear explosivo. A conferência realizada para negociar o tratado foi proposta no ano passado pelo Brasil, África do Sul, Áustria, Irlanda, México e Nigéria. Além de participar, os Estados-parte não podem permitir atividades relacionadas ao uso e desenvolvimento de armas nucleares. O texto foi apresentado no último dia 7 de julho – a segunda etapa do acordo começa nesta quarta, com a assinatura, mas os países ainda poderão aderir ao tratado nos próximos dias. Depois dessa fase, cada país signatário precisa ainda fazer a ratificação e o acordo só começa a vigorar depois que 50 países tenham passado por todo o processo.

Fonte: R7

O apresentador de telejornal Boris Casoy pagou indenização ao gari José Domingos de Melo, após ofender o profissional durante transmissão ao vivo do "Jornal da Band". O fato ocorreu na virada de 2009 para 2010, quando o gari deixou uma mensagem de chegada de ano novo para o telejornal. Após a exibição, o jornalista fez um comentário que vazou para os telespectadores: “Que merda, dois lixeiros desejando felicidades do alto das suas vassouras. O mais baixo na escala do trabalho”. Boris foi processado e a Justiça determinou o pagamento de R$ 60 mil a José Domingos. Segundo informações, a quantia já foi depositada pelo apresentador e o varredor informou ao sindicato dos garis de São Paulo que vai usar o dinheiro para ajudar a mãe de 75 anos a reformar a casa.

Fonte: G-1

Na foto acima, de calça marron, foto do período em que foi caminhoneiro em LEM

 

Qualquer pessoa um pouco mais observadora, pode conhecer o espírito empreendedor das pessoas com a qual convive, é tão somente necessário se você observar como ele se comporta com os seus subordinados, com sua família e também com as pessoas no dia a dia em sua convivência.

A vida não é fácil prá ninguém, o que diferencia os empresários de destaque, os vencedores,  dos que de repente não obtem êxito, e simplesmente sucumbem, é além do Imenso talento, justamente a capacidade de ousar, a capacidade de  superação dos obstáculos e a visão empreendedora que muitas vezes passa despercebida para uma grande maioria de pessoas.

O empresário Rivaldo Angelo da Silva, conhecido Rei da Principal Motos é um desses vencedores:

Homem digno, ético, dedicado, e bem humorado, exemplo ímpar de pai afetuoso, de marido carinhoso e fiel, um homem temente a Deus que conta com uma  infinidade de amigos que têm a sorte de compartilharem de sua amizade.

Nascido em Irecê , no ano de 1973, de uma família muito pobre e humilde, ele é um filho orgulhoso  do Sr. Renato Ângelo da Silva e Iraci Gonçalves da Silva,  de uma família de 10 irmãos. Desde  de muito cedo, já iniciava a saga de muito trabalho e determinação, itens sempre presentes em sua vida, de muitas lutas, mas também muitas conquistas, pelas quais  fez por merecer.

O  Rei viveu no  perímetro rural de Irecê até os 12 anos, lugar de poucos recursos, onde não tinha energia, período que ajudou seus pais na lida árdua dos afazeres característicos da zona rural, durante muito tempo a sua caneta foi a enxada, o seuar condicionado foi o sol escaldante de uma região cujo clima na maioria do ano é bem quente.

Indo para João Dourado, cidade perto de Irece,  trabalhou até os 14 anos aprendendo o ofício de mecânica de carros.

Em 1989 chegou aos Gerais, região rural de Luís Eduardo Magalhães, trabalhando como operador de máquinas agrícolas até o ano de 1.991, logo após indo durante um ano para Posse no estado Goiano.

Retornou para Irecê em 1.992, ficando 6 meses trabalhando em sua região. Como os serviços na época eram poucos, e muito menos a remuneração, decidiu ir tentar a sorte trabalhando  na colheita de café, cortando cana, apanhando algodão no estado de Minas Gerais, voltando ainda em 1.993 para os Gerais, onde permaneceu até 1995 trabalhando como operador de máquinas agrícolas.

Foi caminhoneiro de 1995 até 1999, e neste mesmo ano ingressou na empresa Estrela Motos, lugar em que definiu o seu ofício e se tornou um dos mais renomados profissionais mecânico de motos de todo o Oeste Baiano.


Neste período de muito crescimento profissional, teve a  oportunidade de fazer vários cursos, entre os mesmos o Curso Profissionalizante de Conserto de Motos pelo Senai, Curso MOPE de Direção Defensiva, Prevenção de Acidentes e Incêndio e o Curso de Atendimento ao Cliente.


Ainda em 2008, depois de quase 9 anos de relevantes serviços na empresa Estrela Motos, decidiu montar a sua própria empresa de conserto de motos, nascia a Principal Motos, empresa renomada e querida que dá assistência no conserto de motos multimarcas de pequenas, médias e  de grandes potências. Desde então, ecada vez mais, vem se tornando o preferido da cidade, inclusive eleito a melhor Oficina de Conserto de Motos na Pesquisa Best Of Mind em 2013/2014 e 2014/2015 no seguimento  de Oficina de Motos.


Conta com 4 funcionários, sendo ele mesmo o Rei, o instrutor que está passando e enfatizando  os conhecimentos técnicos aos seus  funcionários, o que está resultando em uma equipe de excelência com imensa credibilidade em todo o Oeste Baiano, que realiza com maestria retífica completa de motos, alinhamento de chassi, alinhamento de biela, toda a parte elétrica e injeção eletrônica dos veículos de duas rodas da cidade.


O empresário Rei tem suas mãos calejadas pelo  trabalho honesto do dia a dia, e por elas já passaram milhares de motos, que contaram com o seu  grande profissionalismo e esforço. Hoje inquestionavelmente usufrui o lugar de destaque por seus méritos na Capital Nacional do Agronegócio.



Rei com sua esposa Eleneide Santos, um casamento que já dura 15 anos

Rei é casado com a jovem senhora Eleneide Santos Silva Ângelo desde o ano de 2.000, o Rei é pai de Anderson dos Santos Silva de 18 anos, Ana dos Santos Silva de 16 anos, Sâmilly dos Santos Silva de 15 anos e Evillyn dos Santos Silva.


Anderson dos Santos Silva de 16 anos, Ana dos Santos Silva de 14 anos, Sâmilly dos Santos Silva de 13 anos e Evillyn dos Santos Silva


Considerando um verdadeiro coração de manteiga, Rei é um ser tranquilo, manso de coração, uma pessoa em franco crescimento empresarial, um ser próspero, renomado e que faz jus a essa singela homenagem do Site Lem News. Pois na nossa opinião ele já marcou  com letras de ouro, importantes linhas do livro da história de nossa cidade. 

 

Fonte: Lem News

 

Fonte: Lem News

A família Batista decidiu indicar o patriarca José Batista Sobrinho, fundador do Grupo JBS, para substituir Wesley Batista na presidência da companhia, segundo uma fonte da empresa. O anúncio oficial deve ser feito ainda neste domingo.

O nome do novo presidente foi aprovado em reunião do conselho de administração da companhia, realizada neste fim de semana. O argumento da família é que José Batista Sobrinho, conhecido como Zé Mineiro, dará “estabilidade” à companhia, cumprindo o mandato do filho, que vai até 2019.

Neto do novo presidente, Wesley Filho passa a ser diretor estatutário da JBS. A ideia é que ele, André Nogueira, presidente da JBS nos EUA, e Gilberto Tomazoni, presidente de marcas globais da JBS, trabalhem ao lado de José Batista Sobrinho, assessorando-o no comando da gigante global de alimentos.

Wesley Batista está preso desde quarta-feira passada na Operação Tendão de Aquiles, que investiga se o empresário usou informação privilegiada para lucrar indevidamente no mercado de ações e de câmbio. A defesa do bilionário teve um pedido de habeas corpus negado pelo TRF da 3a. Região, em SP.

Conselho

Wesley era integrante do conselho de administração da JBS. Para seu lugar, irá Aguinaldo Gomes Ramos, membro da família, que trabalhou na JBS Mercosul, em operações do Uruguai e do Paraguai.

Fonte: Exame
19
Set/17

TX WEB

 

Fonte: Lem News

O juiz Vallisney de Souza Oliveira, da 10ª Vara Federal em Brasília, aceitou denúncia do Ministério Público Federal (MPF) e colocou o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva novamente no banco dos réus.

O petista vai responder pelo crime de corrupção passiva por, supostamente, ter participado da “venda” da Medida Provisória (MP) 471, de 2009, que prorrogou os incentivos fiscais para montadoras instaladas nas regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste.

O caso foi revelado pelo jornal O Estado de S. Paulo em 2015 e investigado na Operação Zelotes. Lula já é réu em outros cinco processos – sendo 3 na Lava Jato, 1 na Zelotes e outro decorrente da Operação Janus.

Em um sétimo processo, no caso do triplex do Guarujá, o petista já foi condenado a nove anos e seis meses de prisão pelo juiz Sérgio Moro. O petista também já foi denunciado em outros dois casos provenientes de investigações da Lava Jato.

Na denúncia, assinada pelos procuradores Frederico Paiva e Hebert Mesquita, Lula, o ex-ministro Gilberto Carvalho e mais cinco pessoas foram acusadas de envolvimento em corrupção para aprovação da MP 471, editada no segundo mandato do ex-presidente.

A MP, transformada em lei no ano de 2010, prorrogou os incentivos fiscais de montadoras instaladas nas regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste.

Segundo o MPF, a empresa Marcondes e Mautoni Empreendimentos, do lobista Mauro Marcondes Machado, representava os interesses da CAOA (Hyundai) e da MMC Automotores (Mitsubishi do Brasil) e teria ofertado R$ 6 milhões a Lula e Carvalho. O dinheiro seria para financiar campanhas do PT. Como prova dos repasses indevidos, o MPF elencou uma série de troca de mensagens e anotações apreendidas com os alvos da Zelotes.

Além de Lula e Carvalho, vão para o banco de réus os lobistas Mauro Marcondes e Alexandre Paes dos Santos, o APS, o ex-conselheiro do Carf José Ricardo da Silva e os executivos das montadoras Carlos Alberto de Oliveira Andrade e Paulo Arantes Ferraz.

Na decisão, o magistrado argumenta que há elementos suficientes para a abertura de uma ação penal.

Para ele, está “demonstrada a plausibilidade” das alegações contidas na denúncia em face da “circunstanciada exposição dos fatos tidos como criminosos” e a “descrição das condutas em correspondência aos documentos” levantados no inquérito da Polícia Federal.

O juiz explicou ainda que a peça de acusação atende aos requisitos do Código do Processo Penal, descrevendo “de modo claro e objetivo” os fatos imputados aos denunciados.

“Assim, nesse juízo preliminar, não vislumbro qualquer elemento probatório cabal capaz de infirmar a acusação, sem prejuízo da análise particularizada, com a eventual contraprova, quando poderá eventualmente ocorrer absolvição sumária, se for o caso”, escreveu Oliveira. Ele fixou prazo de dez dias para as defesas apresentarem questões preliminares e alegarem o que for de seu interesse, além de arrolarem testemunhas.

Em outra ação penal da Zelotes, Lula responde por tráfico de influência por, supostamente, ter oferecido seu prestígio a empresas, com a promessa de viabilizar a compra de caças suecos pelo governo de Dilma Rousseff e a edição de outra MP, a 627, de 2013, que também beneficiou montadoras.

O “serviço” teria sido pago com um repasse de R$ 2,5 milhões da Marcondes e Mautoni Empreendimentos à empresa de um dos filhos do ex-presidente. O pagamento também foi revelado pelo Estado, em 2015.

Fonte: Exame
  PUBLICIDADE
Horóscopo / Tempo e Cotações
  Horóscopo
 Tempo / Moedas

 Cotações


| Todos os Direitos Reservados |