LEM News - Notícias que realmente interessam!
(77) 9.9906-1346
 PUBLICIDADE
Galeria de fotos
ver todas
DESTAQUES DO LEM NEWS


"Antes de pegá-lo, pensei que talvez iriam achar estranho, mas eu não tenho vergonha. Fiz o que toda mãe deve fazer quando o bebê estiver com fome", contou.

Mesmo com tanta campanha para incentivar a amamentação em qualquer lugar e pelo tempo que for necessário, ainda existem mães que não se sentem confortáveis em alimentar seus pequenos em eventos públicos.

Danielly Katsue não é uma delas. Ela passou por uma situação que poderia deixar muita mulher aflita. ” Meu casamento foi no dia 08 de julho de 2017, em Cuiabá, e meu filho Kauã tinha só 3 meses. Eu o amamentei antes do casamento começar e depois ele dormiu”, contou Danielly em entrevista ao Bebê.com.br. Acontece que a cerimônia durou mais de uma hora e, naturalmente, o bebê começou a sentir fome nesse meio-tempo e ficou bem agitado.

“Ele chorou muito. Minha cunhada tentou acalmá-lo e até outra mãe que estava na igreja tentou amamentá-lo, mas ele não aceitou outro peito, nem a mamadeira”, explicou a mamãe.

Foi quando a noiva percebeu que o filho não estava satisfeito apenas em ser levado até o altar carregando as alianças do casal, mas queria participar ainda mais desse momento especial dos pais. “Antes de pegá-lo, pensei que talvez iriam achar estranho, mas eu não tenho vergonha. Fiz o que toda mãe deve fazer quando o bebe estiver com fome”, ressaltou Danielly. Ela disse, ainda, que logo após a mamada, o pequeno deitou no colo do papai e não chorou mais!

Fonte: BEBE ABRIL

Essa é a Keila Cordeiro, uma jovem cuja beleza está em sua essência e no seu lindo caráter.

Ela acredita em sonhos, não em utopia. Mas quando sonha, sonha alto. Pois está aqui é pra viver, cair, aprender, levantar e seguir em frente.

Ela é isso hoje...
Amanhã, já se reinventou!
Reinventou-se sempre que a vida pede um pouco mais dela.
Ela é complexa, é mistura, é uma linda mulher com cara de menina...

Se perde, se procura e se acha, E quando necessário, enlouquece e deixo rolar...
Não se doa pela metade, não é meio amiga nem teu quase amor!

Ou ela é tudo ou ela é nada. Não suporta meio termos. É boba de tão meiga, mas jamais burra. Ingênua, mas não santa. Ela é pessoa de riso fácil... e choro também!

Ela é uma das Candidatas Selecionadas do Miss Luís Eduardo Magalhães – O maior evento de beleza do interior baiano!!!!

Fonte: LEM NEWS / Thaisa Lima

Fonte: LEM NEWS

Há 9 anos atrás, ao final de sua 2ª gestão, o Prefeito Oziel Oliveira inaugurava a Escola Municipal Aldori Tolazzi, na época um importante marco de investimentos em educação na cidade!

Hoje após 9 anos, esse mesmo prefeito que foi responsável pela construção, o prefeito Oziel Oliveira, esteve presente na festa de aniversário da escola, que aconteceu envolta em muitas manifestações de carinho dos alunos e pais presentes para com o prefeito,   e  várias apresentações artísticas de alunos que foram prestigiadas e elogiadas pelo prefeito e todos os presentes. Teve até bolo na comemoração.

 

Vejam mais fotos na GALERIA DE FOTOS, logo acima nesta mesma página.

 

 

Fonte: Lem News

A consecionária de veículos novos e usados Paulo Veículos, pelo 3º ano consecutivo é eleita a melhor empresa do seguimento em Luis Eduardo Magalhães. Isso se deve ao atendimento amigo, ótimas negociações e veículos com preços e formas de pagamentos que muito tem agradado a todos os clientes.

Paulo Veículos na rua Paraíba  ao lado da Novo Mundo, Tel. 3628-1022 / 9.9818-2371

Fonte: Lem News

Uma oportunidade para quem está buscando se qualificar e ocupar um espaço no mercado de trabalho são as oficinas e workshops que o Senac, em parceria com o Sindilojas, Sesc e Sindicato dos Produtores Rurais de Barreiras está oferecendo. São dois dias de treinamentos e capacitações gratuitas, quarta-feira, 23 e quinta-feira, 24 deste mês em áreas como gastronomia, beleza, informática, gestão e comércio.

 

“Desde 2015 começamos a trazer para Barreiras os cursos do Senac, mesmo antes da entidade ser inaugurada aqui. De lá para cá centenas de pessoas foram capacitadas para atuar do mercado de trabalho ou, mesmo, abrir seu próprio negócio, graças as aulas de gastronomia, garçons, técnicas culinárias, entre outras. Agora, com a inauguração da sede definitiva do Senac, estes treinamentos serão ainda mais frequentes”, avalia o presidente do Sindilojas e vereador, Carlos Costa.

 De acordo com a coordenadora pedagógica do Senac, Beatriz Bernardes, a procura tem sido grande mas ainda há vagas em cursos como:  atendimento criativo, dicas de negócios para trabalhar em casa, como se destacar no mercado de trabalho em tempos de crise, além de outros. “Estamos oferecendo 372 vagas, serão turmas nos três turnos, distribuídas no Sesc, Senac e na cozinha industrial do Senar, a grande demanda nos deixa tranquilos para dar sequência ao nosso trabalho de capacitação”, diz.

Os interessados em ingressar em uma das oficinas oferecidas devem procurar o núcleo de Senac (antigo prédio da Sertaneja), munidos de CPF, identidade e comprovante de residência, no caso de menores de 18 anos, é necessário ainda, as cópias do CPF e identidade do responsável. As inscrições são gratuitas e serão efetivadas mediante a entrega de um quilo de alimento não perecível.

 

 

Fonte: ARATICUM COMUNICAO

 

Um tribunal do júri de Los Angeles, nos Estados Unidos, condenou nesta segunda-feira (21) a Johnson & Johnson a pagar US$ 417 milhões (US$ 1,31 bilhão) por não advertir risco de câncer, ligado ao uso de produtos de talco.

A informação foi veiculada pelo jornal "Los Angeles Times", que aponta se tratar da maior condenação contra a empresa farmacêutica e de produtos de higiene, devido aos numerosos casos investigados pelas autoridades dos Estados Unidos.

De acordo com a publicação, existem mais de 300 processos abertos contra a Johnson & Johnson, apenas na Califórnia. Em todo o país foram abertas mais de 4.500 ações.

Uma das vítimas que foi à justiça contra a empresa foi Eva Echeverría, diagnosticada com câncer nos ovários em 2007. Em depoimento durante o caso, ela garantiu ter usado um mesmo produto durante décadas.

O júri deliberou por dois dias e condenou a Johnson & Johnson a pagar US$ 70 milhões (R$ 220 milhões), apenas para Echeverría. Além disso, US$ 347 milhões (R$ 1,1 bilhão) como multa.

Os advogados da empresa já garantiram que irão recorrer a decisão do júri. Além disso, defenderam que pesquisas científicas garantem que os produtos são seguros.

Veja a nota da empresa sobre o caso, na íntegra:

"Câncer de ovário é um diganóstico devastador e nós somos profundamente solidários às mulheres e famílias impactadas por essa doença. Nós vamos recorrer do atual veredito porque somos guiados pela ciência, que sustenta a segurança do Johnson's Baby Powder. Em abril, o National Cancer Institute’s Physician Data Query Editorial Board escreveu: 'o peso da evidência não sustenta uma associação entre a exposição perianal ao talco e o aumento do risco de câncer de ovário'. Nós estamos nos preparando para julgamentos adicionais nos EUA e nós vamos continuar defendendo a segurança do Johnson’s Baby Powder."

Fonte: G1

 

Fonte: Lem News

A piauiense Monalysa Alcântara, vencedora do Miss Brasil 2017, tem sido alvo de comentários racistas nas redes sociais desde a coroação que aconteceu no sábado (19). A maioria dos comentários tratou da cor da pele de Mona, como é conhecida, dos cabelos cacheados da vencedora, e dizem ainda que a jovem só ganhou porque se vitimizou.

Segundo a mãe da Miss Brasil, Elza Alcântara, Monalysa combate diariamente o racismo e estes comentários maldosos só darão a ela mais vontade de lutar pela igualdade racial. “Agora que ela não vai se calar”, disse.

Elza Alcântara diz ainda que os comentários não incomodam a família e nem mesmo a vencedora. “A família não se posicionou ainda e nem vai falar sobre isso porque o racismo a Mona combate diariamente. Ele ganhou por mérito dela e isso ninguém tira. Quem não gostou da escolha tem direito de expressar sua opinião desde que não nos ofenda”, afirmou a mãe.

A mãe revelou que a filha ainda não teve tempo para se preocupar com a repercussão negativa da escolha dos jurados do Miss Brasil 2017, já que desde a coroação como a mulher mais bonita do país, Monalysa Alcântara tem uma agenda cheia de compromissos e só quer saber de comemorar sua vitória, além de aproveitar a realização desde sonho.

 

“Ela só quer comemorar. Passa o dia concedendo entrevistas, fazendo fotos e ainda não teve tempo para pensar o que fará com as postagens negativas. Todos sabem que racismo é crime no Brasil e se ela desejar denunciar à polícia os comentários maldosos, vamos apoiá-la”, declarou.

Alguns dos comentários são encontrados com a hashtag #MissBrasil, no Facebok e no Twitter. Em um dos posts, uma moça disse que Monalysa tem “Cara de empregadinha”, outros dizem que houve “cota no Miss Brasil”, ou que “achava que o critério era beleza e não ser negra”. Em outro, há a seguinte postagem: "não trouxe nem um cabelo arrumado decentemente (cachos definidos) pro desfile do Miss Brasil e esperam que ela traga a coroa do Miss Universo”.

Após a repercussão negativa, muitos dos perfis responsáveis pelas postagens foram excluídos das redes sociais.

 

Lado positivo

 

As redes sociais também registraram saudações pela vitória da piauiense Monalysa Alcântara na edição de 2017 do Miss Brasil. Pelo twitter a atriz Grazi Massafera elogiou a beleza de Monalysa Alcântara e também a postura da nova Miss Brasil. "Miss Piauí é a que tem a cara do Brasil, linda, elegante, carismática, merece muito nos representar no miss universo #MissBrasil", disse a atriz em uma rede social. A atriz também já participou do Miss Brasil, ficando em 3° lugar em 2004, representando o estado do Paraná.

 
 
Fonte: G1
22
Ago/17

IRACEMA MODAS

 

Fonte: Lem News

O Barcelona publicou em sua conta oficial no Twitter nota oficial na qual aponta que enviou para a Real Federação Espanhola de Futebol uma ação contra Neymar. O clube reivindica o valor de € 8,5 milhões (R$ 31,20 milhões) que o brasileiro recebeu pela renovação de contrato, alegando que o mesmo não cumpriu os termos acordados. Além de cobrar mais 10% sobre esse valor.

No documento, o clube catalão informa também que o Paris Saint-Germain, clube que pagou € 222 milhões (R$ 814 milhões) para contratar Neymar, assume o pagamento desse valor caso o jogador não possa pagar. O Barcelona informa que está defendendo seus interesses após uma decisão unilateral do jogador ao anunciar que não jogaria mais no clube, que levou em consideração a renovação de contrato assinado pelas partes até 2021.

Maior contratação da história do futebol, a saída de Neymar do Barcelona para o PSG foi motivo de polêmicas entre os dirigentes catalães. Na temporada passada, o craque brasileiro negociou e acertou a renovação com o clube até junho de 2021. Mas nesta temporada decidiu trocar a Catalunha por Paris, levando o clube francês a pagar sua cláusula de rescisão.

Neymar se posicionou sobre a diretoria do Barça após a goleada por 6 a 2 do PSG sobre o Toulouse, no domingo passado. Disse que estava triste e que o clube merecia muito mais.

- Não tenho nada a dizer para a diretoria do Barcelona. Para mim... Bom, na verdade tenho o que dizer: que estou muito triste com eles. Passei quatro anos lá e fui muito feliz. Comecei feliz, passei os quatro anos feliz e saí feliz. Mas não com eles. Para mim, eles não deveriam estar na diretoria do Barça. O Barça merece muito mais, e todo mundo sabe disso.

Fonte: G1
22
Ago/17

FOTO SUL

 

Fonte: Lem News

O sangue que escorria de uma abertura do supercílio manchava o rosto de Marcia Friggi, de 51 anos. Do olho esquerdo brotavam lágrimas já que o direito, atingido por um soco, estava tão inchado que a professora de língua portuguesa e literatura de Indaial, em Santa Catarina, mal conseguia abri-lo. Era o primeiro dia de aula de Friggi para aquela turma. E também o primeiro dia do aluno agressor ali.

Os ferimentos físicos, causados por um aluno de 15 anos e documentados em foto, impressionam. Mas as agressões à professora não se encerraram aí. A exposição do caso nas redes sociais de Friggi desencadeou uma nova onda de ataques contra ela, conforme relatou a professora à BBC Brasil:

"Estou estarrecida. Certas pessoas estão escrevendo que eu merecia isso, por meu posicionamento político de esquerda, de feminista. Já atingiram o meu olho, mas não vão me calar. Na sala de aula é uma coisa, mas nas redes sociais tenho todo o direito de me expressar", afirmou a professora, que se desdobra em dois empregos, nas redes municipal e estadual, para sustentar a família.

Com a voz embargada, Friggi definiu sua condição:

"Exerço uma das profissões mais dignas do mundo, com um salário miserável".

A escola onde Friggi foi agredida, na qual leciona há quatro anos, dedica-se ao ensino de jovens e adultos.

"Somos agredidos verbalmente de forma cotidiana. Fomos [os professores] relegados ao abandono de muitos governos e da sociedade. Somos reféns de alunos e de famílias que há muito não conseguem educar. Esta é a geração de cristal: de quem não se pode cobrar nada, que não tem noção de nada", lamenta.

 

Socos na escola

 

Conforme relatou em uma postagem no Facebook, já compartilhada mais de 321 mil vezes, Friggi foi agredida por um estudante durante a aula.

Ao pedir que o aluno colocasse um livro que estava entre as pernas sobre a mesa, a professora conta que foi xingada. Depois, o aluno jogou o livro em sua direção.

Ao encaminhar o jovem para a direção escolar, Friggi acabou alvo de socos e agressões.

"Ele, um menino forte de 15 anos, começou a me agredir. Foi muito rápido, não tive tempo ou possibilidade de defesa. O último soco me jogou na parede", escreveu a professora.

À BBC Brasil, a delegacia da Polícia Civil de Indaial confirmou ter registrado a ocorrência ainda na manhã da última segunda-feira. Por ser menor de idade, o adolescente teve a atitude anotada em um ato infracional por lesão corporal e deve ser levado a depor ainda esta semana.

Em 2016, o mesmo jovem já havia sido denunciado por lesão corporal contra a própria mãe e, em 2017, por ameaça contra um Conselheiro Tutelar, que acompanha o desenvolvimento do rapaz. Na ocasião, o jovem havia afirmado que daria um soco no rosto do profissional, tal como acabou fazendo com Friggi.

O adolescente continua regularmente matriculado na escola. A Prefeitura de Indaial informou que a Secretaria Municipal de Educação e o Juizado de Infância e Adolescência vão avaliar como proceder.

Fonte: G1
22
Ago/17

CONTEM

 

Fonte: Lem News

Uma homenagem feita pela UFRB (Universidade Federal do Recôncavo da Bahia) gerou alvoroço e brincadeira nas redes sociais nesta segunda-feira (21). Lula recebeu um diploma de doutor honoris, que continha erros de português. A imagem foi divulgada pelo amigo de Lula, o sociólogo Emir Sader, nas redes sociais.

O primeiro erro é a separação do sujeito, verbo e predicado: “A Universidade Federal do Recôncavo da Bahia, concede ao maior presidente da República Federativa do Brasil, senhor Luiz Inácio Lula da Silva, o torneiro mecânico, o título de doutor honoris causa”.

O segundo aparece com erro na palavra “discente”: Assinam o documento os “dicentes da UFRB”. Neste caso, há duas explicações possíveis: a primeira é que a palavra se refira aos estudantes (discentes). A segunda, menos provável, é que a menção seja aos professores (docentes).

Em nota, a universidade nega ter emitido o diploma, já que não consta a assinatura do reitor.

Fonte: Isto
22
Ago/17

LEM MONT

 

Fonte: Lem News

O ministro de Minas e Energia, Fernando Bezerra Coelho Filho, informou nesta terça-feira (22) que a hidrelétrica de Itaipu, administrada pelo Brasil junto com o Paraguai, e a Eletronuclear, subsidiária à qual estão vinculados os projetos na área de energia nuclear, deverão ficar de fora da privatização da Eletrobras. O ministro disse também que, com a privatização, as tarifas de energia podem cair no médio prazo para o consumidor.

Coelho Filho e auxiliares da pasta deram entrevista coletiva para dar detalhes sobre a privatização. A intenção é buscar uma solução para a crise financeira da empresa, diante da situação das contas públicas, que, segundo o ministério, não dão "espaço para elevação de tarifas nem para aumento de encargos setoriais".

De acordo com o ministro, a proposta de privatização vai ser entregue nesta quarta-feira (23) para o Programa de Parcerias de Investimento (PPI), órgão do governo Michel Temer que trata de privatizações e concessões. O envio da proposta é um passo inicial do processo.

Na coletiva, o ministério explicou que Itaipu vai ficar de fora porque o tratado internacional que rege a parceria de Brasil e Paraguai supera as leis dos dois países e uma mudança exigiria a aceitação do vizinho.

No caso da Eletronuclear, o ministério disse que a Constituição veda a privatização, ao determinar que o controle da energia nuclear deve ficar sob responsabilidade do governo.

Uma eventual mudança nos preços da tarifa de energia para população também foi tratada na coletiva. Coelho Filho disse que, no momento, o ministério ainda não tem estimativa do impacto que a privatização da Eletrobras pode trazer aos consumidores.

Segundo ele, a médio prazo, “a eficiência e a redução de encargos setoriais”, que encarecem hoje as tarifas, podem fazer com que o custo da energia para a população fique mais baixo.

Questionado se, a curto prazo, a privatização poderia levar a uma alta das contas de luz, o ministro disse que os cálculos ainda vão ser feitos, mas não descartou a possibilidade de encarecimento.

Fonte: G1

 

Fonte: Lem News


O Ministério Público Federal (MPF) denunciou o ex-presidente do Banco do Brasil e da Petrobras Aldemir Bendine. Também são acusados os empresários Marcelo Odebrecht e Fernando Reis, os operadores André Gustavo e Antonio Carlos Vieira da Silva e o doleiro Álvaro Novis. Os crimes atribuídos ao grupos são corrupção passiva, corrupção ativa, lavagem de dinheiro, embaraço à investigação e organização criminosa.Bendine é acusado de exigir R$ 17 milhões em propinas da Odebrecht. Segundo a investigação, ele acabou recebendo R$ 3 milhões em três parcelas de R$ 1 milhão entre junho e julho de 2015 enquanto ocupava a Presidência da Petrobras. Em troca teria agido em defesa dos interesses da empreiteira. Bendine foi preso em 27 de julho na Operação Cobra, 42ª fase da Lava-Jato.

O executivo esteve à frente do Banco do Brasil entre 17 de abril de 2009 e 6 de fevereiro de 2015, e foi presidente da Petrobras entre 6 de fevereiro de 2015 e 30 de maio de 2016.

A investigação da Operação Cobra apontou que, na véspera de assumir a presidência da estatal petrolífera, Bendine e um de seus operadores financeiros novamente solicitaram propina a Marcelo Odebrecht e Fernando Reis. O pedido teria ocorrido para que o grupo empresarial Odebrecht não fosse prejudicado na estatal, inclusive em relação às consequências da Operação Lava-Jato.

Fonte: Em.com
21
Ago/17

MCA AUTO CENTER

 

Fonte: Lem News

A Marinha dos Estados Unidos ordenou nesta segunda-feira uma pausa em suas operações no mundo todo e uma revisão integral dos incidentes ocorridos com seus navios no Pacífico nos últimos meses, após uma colisão em águas de Cingapura ter deixado dez americanos desaparecidos e outros cinco feridos.

O almirante John Richardson, chefe de operações navais da Marinha, fez o anúncio poucas horas depois de o destróier USS John S. McCain se chocar com o petroleiro Alnic MC, um navio mercante de bandeira líbia, em águas do estreito de Cingapura.

"Esta é a segunda colisão em três meses, e é a última de uma série de incidentes no teatro do Pacífico. Esta tendência exige uma ação mais contundente", afirmou Richardson em um vídeo postado pela Marinha no Twitter.

"Ordenei que se faça uma pausa operacional em todas as nossas frotas no mundo todo. Quero que os nossos comandantes de frota se reúnam para nos assegurarmos de que estamos tomando todas as ações apropriadas de forma imediata com o fim de garantir operações seguras e eficazes no mundo todo", acrescentou o almirante.

Richardson não revelou quanto durará essa pausa, mas a rede de televisão "CNN" disse que deve durar um dia e poderá ser programada ao longo de duas semanas, conforme cada comando.

Além disso, o almirante ordenou uma "revisão integral" destinada a "encontrar as causas" dos incidentes dos últimos meses, que incluem também a colisão ocorrida em junho entre o destróier USS Fitzgerald e o cargueiro filipino ACX Crystal em águas japonesas.

Fonte: G1
21
Ago/17

Tela Mar

Fonte: Lem News

O ator e comediante Jerry Lewis morreu aos 91 anos neste domingo (20). Conhecido como "Rei da Comédia", ele é um dos maiores comediantes de todos os tempos.

O agente do ator confirmou que Lewis morreu nesta manhã em sua casa em Las Vegas, no estado norte-americano de Nevada. Entre junho e agosto deste ano, ele ficou hospitalizado para tratar de uma infecção urinária. Ainda não há informação sobre o que levou à morte do comediante.

A última apresentação de Lewis nos palcos ocorreu no hotel South Point, em Las Vegas, em outubro do ano passado.

Além de influenciar uma geração inteira de comediantes e ser um ícone do riso, Jerry também conduziu causas humanitárias, como seu programa beneficente anual do Dia do Trabalho para a Associação de Distrofia Muscular, que ele começou a apresentar em 1952.

A aposentadoria do evento só veio em 2011. Por seu trabalho nessa área, Lewis chegou a figurar na lista dos candidatos a recebe o Nobel da Paz em 1977.

Fonte: g1
21
Ago/17

GLOBAL SYSTEM

 

Fonte: Lem News

As Forças Armadas, a Polícia Federal e as polícias do Rio fazem uma grande operação em favelas do Rio. Entre os 18 presos, está um soldado do Exército, suspeito de vazar informações sobre as operações.

Mais de mil homens das Forças Armadas fizeram o cerco para que policiais civis e militares pudessem entrar em sete favelas da Zona Norte do Rio. A ação ainda teve o apoio de homens da Polícia Federal, Polícia Rodoviária Federal, da Força Nacional e da Abin - a Agência Brasileira de Inteligência e usou um relatório do Disque-Denúncia. Os agentes bloquearam ruas e o espaço aéreo. O foco da ação foi a Favela do Jacarezinho. Sete pessoas morreram em 11 dias de guerra na favela.

Desde quando as Forças Armadas chegaram ao Rio, no dia 28 de julho, foram três operações conjuntas com a polícia. Mas os agentes descobriram que em todas houve vazamento de informações e o alerta para os bandidos saía de dentro das forças de segurança.

Uma mensagem que circulou na noite anterior e foi interceptada pela polícia diz: “Tô em casa, passa a visão”. E um rapaz alerta: “Cuidado aí, amigo PQD - que significa paraquedista do Exército - falou que a companhia dele vai partir para o Jacaré, Mandela ou Manguinhos.

Os avisos também chegam em áudio. “Cuidado aí, hein? A Bope vai entrar, a Bope e o Exército vai entrar às duas horas da manhã, vai ocupar o Manguinhos, o Jacaré e o Mandela, hein? Cuidado aí, vocês aí”.

A operação prendeu o soldado do exército Matheus Ferreira Lopes Aguiar. Ele é suspeito de passar informações sobre operações feitas no complexo de Favelas do Lins, na Zona Norte do Rio, e em Niterói, na região metropolitana.

Na favela do Jacarezinho, 22 mil crianças ficaram sem aula, um recorde este ano no Rio. São mais de 37 mil moradores que perderam direito de ir e vir.

Fonte: G1
  PUBLICIDADE
Horóscopo / Tempo e Cotações
  Horóscopo
 Tempo / Moedas

 Cotações


| Todos os Direitos Reservados |