(77) 9.9906-1346
DESTAQUES DO LEM NEWS

O Facebook vem testando novos métodos para traduções dentro da rede social e trabalhando, principalmente, com inteligências artificiais para deixar de lado aqueles trechos de texto todo desconexo. No final da última semana, a companhia anunciou que todas as traduções automáticas no site agora são realizadas por meio de uma IA – são 4.5 bilhões de operações todos os dias dentro da rede. Os resultados devem ser mais precisos. Eles adotaram um método diferente, que tenta compreender o contexto. A rede social explica em um comunicado que o sistema anterior interpretava palavra por palavra e, no máximo, analisava frases curtas. A partir de agora, a inteligência artificial utiliza machine learning (aprendizado de máquina) do tipo LSTM (Long Short Term Memory) e oferece uma estrutura de memória de longo prazo. Isso significa que, conforme mais traduções são feitas, a IA aprende a entender a estrutura da frase como um todo e as traduz por inteiro. 

Quando uma palavra não tem tradução direta de um idioma para o outro, a inteligência artificial deixa uma lacuna temporária para procurar um termo que se aproxime ao máximo. Isso é útil para gírias, abreviações, entre outros termos. No comunicado, o Facebook explica que esse método permite identificar que "tmrw" na verdade é "tomorrow" (amanhã). 

Na imagem abaixo, a diferença entre o sistema utilizado anteriormente e o novo método, em uma tradução do turco para o inglês. No primeiro quadro, o resultado seria uma frase desconexa como "Deles, o porquê de Izmir dizer não nós não esperamos que eles não entendam". No segundo, a frase faz muito mais sentido: "Não esperamos que eles entendam porque Izmir disse não".

Fonte:MSN
voltar   home   subir  imprimir
  PUBLICIDADE


| Todos os Direitos Reservados |