(77) 9.9906-1346
Bahia

O estado da Bahia tem 744 espécies da flora ameaçadas de extinção, entre elas a massaranduba, o oiti-cumbuca, bambuzinho, olho-de-boi e o pau-sangue. Após a publicação das espécies de animais em extinção no estado, a Secretaria do Meio Ambiente (Sema) divulgou também a Lista Oficial das Espécies Endêmicas da Flora Ameaçadas de Extinção.

A relação está publicada no Diário Oficial do Estado. Ao todo, foram avaliadas 1.255 espécies da flora, consideradas raras, endêmicas ou sob ameaça de extinção no território baiano e, entre elas, destacadas as 744 espécies em ameaça de extinção. A lista da fauna ameaçada está dividida em três categorias: 122 estão Criticamente em Perigo, 356 na categoria Em Perigo e 266, em Vulnerável.

Todas as espécies de vegetais que constam na lista passam a ser protegidas de modo integral. Segundo a Sema, ficam proibidos a coleta, o corte, transporte, armazenamento, manejo, beneficiamento e a comercialização no estado. No entanto, ficam permitidas a coleta, o transporte, o beneficiamento, o armazenamento e o manejo para fins de pesquisa científica ou de conservação das espécies, mediante autorização do Instituto do Meio Ambiente e Recursos Hídricos da Bahia (Inema).

Com a publicação das espécies de vegetais, a lista vermelha da Bahia fica completa, e isso pode auxiliar no desenvolvimento de políticas de proteção à flora e à fauna do estado. A portaria estabelece ainda que “os estoques ou plantéis cultivados das espécies enquadradas na lista vermelha sejam declarados em até 180 dias após a data de publicação em qualquer unidade do Inema”.

Participaram do levantamento cerca de 100 especialistas de aproximadamente 30 instituições, incluindo universidades, a Sema, o Inema e o Instituto Dríades de Pesquisa e Conservação da Biodiversidade. Com informações da Agência Brasil.

Fonte:NOTICIAS MINUTO AO MINUTO
voltar   home   subir  imprimir
  PUBLICIDADE


| Todos os Direitos Reservados |