(77) 9.9906-1346
DESTAQUES DO LEM NEWS

Sob a densa camada de gelo que cobre o continente antártico, plantas e animais vivem em cavernas subterrâneas "aquecidas" por vulcões.

Isso é o que propõe uma equipe internacional de cientistas que investigou um extenso sistema de grutas subterrâneas ao redor do Monte Erebus, o vulcão mais ativo da Antártida, na ilha de Ross.

Amostras de solo recolhidas nas cavernas revelaram traços de DNA de algas, musgos e pequenos animais.

De acordo com Ceridwen Fraser, pesquisadora da Universidade Nacional da Austrália (ANU), em Canberra, coautora do estudo, a maioria das amostras seriam parecidas com plantas e animais que existem em outras partes da Antártida.

No entanto, algumas sequências não puderam ser identificadas, de modo que uma investigação posterior poderiam revelar espécies desconhecidas.

 

Atmosfera quente

 

"Dentro das cavernas pode fazer muito calor (até 25° C). Você pode estar de camiseta e ainda se sentir desconfortável", disse Fraser.

"Perto da entrada há luz. Em algumas cavernas, a luz é filtrada por uma fina camada de gelo".

Fonte:G1
voltar   home   subir  imprimir
  PUBLICIDADE


| Todos os Direitos Reservados |