LEM News - Notícias que realmente interessam!
(77) 9.9906-1346
DESTAQUES DO LEM NEWS

As casas dos campos de cima da serra sempre espalham pelo ar um aroma delicioso, estimulante. Vem das cozinhas, onde espiar dentro das panelas não é feio, mas um convite. Quase uma obrigação.

No fogão, as gurias preparam o carreteiro: uma espécie de risoto bem simples: arroz e charque picado - que é a carne seca gaúcha. Enquanto isso Dona Ivone pica a carne bem fininha, tempera e faz a linguiça caseira.

No pilão, o Ari esmaga pinhão e charque e prepara paçoca. Unida, a família oferece uma comilança. Tudo ao estilo dos antigos tropeiros que andavam pelo Sul do país.

Ivone do Amaral, aposentada: Quem come bem, sempre vive alegre. Porque a comida forte é o que sustenta mais as pessoas. Antigamente as pessoas comiam estas comidas mais fortes.

Globo Repórter: E a senhora ainda come?
Ivone do Amaral: Como, ainda bem.
Globo Repórter: Quantos anos tem?
Ivone do Amaral: Eu tenho 82.
Globo Repórter: E tá aí, inteira e faceira.
Ivone do Amaral: Graças a Deus.

Raul Randon também já passou dos 80, na verdade tem 85 anos e construiu um lugar deliciosamente especial na região. Câmaras frias gigantes guardam um dos queijos preferidos por nove entre dez cozinheiros ou simplesmente donos de paladares mais exigentes: é o queijo tipograna padano.

Ninguém sabe ao certo se foram mãos medievais ou da antiguidade que misturaram o leite excedente, salgaram e acabaram criando um dos queijos mais famosos do mundo: o grana padano. Este tipo de queijo há séculos mantém o sabor forte, levemente doce e picante. E em câmaras frias são mantidos entre 12 e 18 meses até que estejam prontos para o consumo.

Raul Randon tem outros negócios na região, mas decidiu produzir o famoso queijo por puro capricho. Foi o primeiro na América Latina a ter licença para fabricar o queijo fora da Itália.

Queijeiro explica como o produto que faz deve ser consumido

Ele conta que além da receita original, buscou o que o mercado oferecia de melhor para montar a fábrica. Até as vacas foram importadas. Dos Estados Unidos, porque na época tinham maior produtividade de leite.

Globo Repórter: E como é que elas vieram para o Brasil?
Raul Randon, empresário: De avião, de Boeing.
Globo Repórter: Dois Boeings de vaca?
Raul Randon, empresário: Dois Boeings de vaca. Chegaram em Porto Alegre, às 12h. Chegou um avião em Porto Alegre, e começa a descer vaca. E o pessoal dizendo, olhando.

O queijeiro chique que tem olhos, ouvidos e o olfato bem treinados para reconhecer um bom grana padano é um encanto. E explica de um jeito engraçado, como o produto que faz deve ser consumido.

Raul Randon: Eu sempre digo, você precisa comer com pouco queijo, mastigar ele bem, até sentir o paladar tudo, pra você sentir o que é o queijo. Não é como comer polenta.
Globo Repórter: Não é para encher a barriga, é para apreciar, degustar.
Raul Randon: Isso mesmo.

É assim nos campos de cima da Serra. As pessoas fazem questão de manter essa receita de jeito simples mas caprichoso de ser, sem esquecer as tradições.

Fonte: G1

Uma mulher foi encontrada morta dentro de uma mala, na manhã deste sábado (21), na região central de Monte Alto (SP). Segundo a Polícia Civil, ainda não há informações sobre a identidade da vítima, que estava nua e não apresentava sinais aparentes de ferimentos. O corpo foi levado para o Instituto Médico Legal (IML) de Jaboticabal (SP). Ela ainda não foi identificada.

De acordo com a polícia, moradores localizaram a mala em um terreno baldio no bairro São Guilherme. Ao chegarem perto do objeto, perceberam que o braço de uma pessoa pendia para o lado de fora e chamaram a Polícia Militar.

De acordo com o delegado André Almeida, a vítima aparenta ter entre 25 e 30 anos, mas nem sua identidade nem causa da morte foram determinadas. “Ainda temos poucas informações. O corpo não tem marcas de tiro ou nenhum ferimento aparente. Ela estava dobrada dentro da mala”, explicou Almeida.

A perícia foi chamada ao local e o corpo da mulher foi levado ao IML de Jaboticaba.


Fonte: G1

Uma fatalidade está comovendo moradores de Toronto, no Canadá. Elijah Marsh, de três anos, morreu após ficar trancado para fora do apartamento da avó, vestindo apenas uma camisa, fralda e botas. As informações são do site Daily Mail.

A temperatura era de -20º C e o menino não suportou ao frio. As câmeras de segurança mostram Elijah saindo do prédio às 4h20 da manhã. A família acordou às 7h30 e só então a busca teve início. Mais de 100 policiais e voluntários foram às ruas.

O garoto foi encontrado às 10h20 em uma quintal da vizinhança e levado em estado crítico ao hospital. 

Segundo a polícia, não há nenhuma evidência dos motivos que fizeram com que o garoto saísse do apartamento. A morte sensibilizou a população local e Justin Kozuch, pai de dois filhos e repórter, resolveu lançar uma campanha para angariar fundos destinados ao funeral. Até agora, quase $ 120 mil dólares foram arrecadados e Justin fez uso de uma rede social para agradecer a ajuda:

— Estou me sentindo honrado.

O prefeito de Toronto, John Tory, também ofereceu suporte à família.

— Como pai e avô, não consigo nem imaginar o que essa família está sofrendo.

Fonte: R7

Fonte: LemNews
21
Fev/15

Casa Campos

Fonte: LemNews

 

Fonte: Lemnews

Fonte: Supermercado Universitrio

Fonte: LemNews

Fonte: LemNews

Local do crime


O verdureiro Antonio Alves da Luz, de 76 anos, foi morto a tiros na noite desta sexta-feira, 20, por volta das 20h30, na porta de sua residência, localizada na Rua Jacobina, no bairro Santa Cruz, na cidade de LEM.

O ancião foi surpreendido por um motociclista armado e não teve tempo de reação. Ele foi alvejado pelo menos três vezes e morreu no local.

O SAMU ainda foi acionado, mas só pôde mesmo constatar o óbito. De acordo com os médicos do SAMU cerca de três tiros atingiram o seu Antonio. Um no tórax, outro na face e outro na cabeça.

A Frutaria do seu Antonio

As polícias militar e CIPE/Cerrado, que já estavam no bairro realizando uma operação, chegaram rapidamente ao local do crime, mas o criminoso conseguiu fugir.

“Passamos por aquela rua cinco minutos antes do crime ocorrer. Estamos com várias guarnições em rondas pelo bairro, mas mesmo assim o criminoso não se intimidou”, contou o capitão Aquino


A movimentação no local






O SAMU foi ao local, mas só pôde constatar o óbito





.

Segundo a esposa e os vizinho, o verdureiro era um homem que não tinha inimigos. Ele era evangélico e um homem de bem. Os vizinho acreditam que ele tenha sido confundido. A polícia acredita que ele tenha sido morto por alguma desavença.

O corpo do seu Antonio foi removido para o IML de Barreiras. A polícia civil já iniciou as investigações para desvendar o crime.

Fonte: SigiVilares
21
Fev/15

Cia das Malhas

Fonte: LemNews

Fonte: LemNews





O motociclista sendo amparado por populares.

 

O acidente foi na tarde desta sexta-feira, 20, no cruzamento da Rua Rondônia com a Avenida Barreiras, no centro da cidade de LEM.
A colisão ocorreu após o motociclista não respeitar a preferencial do veículo que trafegava pela Avenida Barreiras. 




A SUTRANS também esteve no local do acidente.


No choque o motociclista foi arremessado para o alto, caindo em seguida. Com diversas fraturas pelo corpo, ele foi socorrido pelo SAMU para a UPA.




O motociclista sendo atendido pelo SAMU


O motociclista foi socorrido para a UPA


O veículo e a moto





Fonte: SigiVilares
21
Fev/15

Cell Center

Fonte: LemNews
21
Fev/15

Casas Baiana

Fonte: LemNews


O veículo ficou com a frente toda destruída.

No final da tarde desta sexta-feira, 17, por volta das 17h, ocorreu uma colisão entre uma carreta bitrem e um Peugeot 207. O acidente foi na BR 020, a cerca de 10km da cidade de LEM.



De acordo com informações, a carreta e o veículo trafegava sentido ao centro de LEM, quando a carreta fez uma conversão à esquerda para adentrar numa balança de pesagem acabou sendo atingida pelo Peugeot.






Na colisão, ninguém ficou ferido. Agentes da SUTRANS registraram o acidente.

Fonte: SigiVilares

Fonte: LemNews

Fonte: LemNews

Foi apresentado à delegacia por prepostos da polícia militar do destacamento de Central, o indivíduo Jhony Santos Pires, de 22 anos.

Ele é acusado de tráfico de entorpecentes. A polícia militar abordou um usuário de prenome Thiago com quatro dolões de maconha.

Questionado sobre a origem da droga, o mesmo respondeu que comprou de Jhony. De imediato, os policiais foram a sua residência localizada na Bairro Euzébio Ferreira de Brito, onde lá, o suspeito foi localizado e posteriormente encaminhado à delegacia.

Já na tarde de hoje, sexta-feira (20), o delegado Dr. Heloísio Sandro Lacerda autuou o acusado por tráfico de drogas. Ele havia chegado na cidade recentemente. 

Jhony é natural de Mundo Novo, no entanto, estava morando na cidade de Luís Eduardo Magalhães, no oeste baiano.

Agora ele está detido em uma das celas da cadeia de Central à disposição da justiça.

Fonte: SigiVilares
21
Fev/15

Casa Campos

Fonte: LemNews
voltar   home   subir  imprimir
  PUBLICIDADE


| Todos os Direitos Reservados |